Gil Vicente 3 - 4 SCBraga (Crónica)
FOTO: Correio do Minho
O Sporting de Braga apadrinhou a apresentação do Gil Vicente aos seus associados, noite essa, que serviu também para disputar a 1ª edição da Taça Crédito Agrícola.
Um empate sem golos, seguido de um triunfo no desempate através da marcação de grandes penalidades (3-4), garantiu à formação Bracarense a conquista do troféu.
Domingos Paciência fez alinhar dois onzes distintos em cada parte, com o principal intuito de uma maior e melhor observação dos jogadores.
Inicialmente alinharam: Kieszek, Filipe Oliveira, Paulão, Ney, Edimar, A. Madrid, Possebon, Matheus, Kalaba, Paulo César e Yazalde. Na 2ª metade: Eduardo, Frechaut, Rodriguez, Paulão (Leone - 77min), Evaldo, Fernando Alexandre, Vandinho, Mossoró, Alan, Meyong (Linz - 77min) e Diogo Valente.
A 4 dias da estreia oficial, a contar para a Liga Europa, o balanço foi positivo. Em 6 jogos disputados, o SCBraga totalizou 5 vitórias e uma derrota.
No entanto, existem situações algo caricatas e pertinentes que tem que voltar a ser re-avaliadas. O sistema táctico não desenvolve fio de jogo nem objectividade nas jogadas. A transacção defesa-ataque não está a funcionar nas melhores condições e a quantidade de passes falhados é elevadíssima. Falta a fogosidade que se viu na época transacta.
Agora, resta pensar positivo, de forma a que 5ª feira possamos sair do Estádio AXA com um resultado que nos possibilite a passagem à próxima fase da Liga Europa.
Reacções: 
  • PESQUISA

    ARQUIVO

    SEGUIDORES