Taça de Portugal: Sp. Covilhã 0 - 1 SCBraga (Crónica)
Sorte? Perto do término do encontro? Já diz o velho ditado - vozes de burro não chegam ao céu. A Comunicação Social Portuguesa bem que tenta minimizar a série consecutiva de triunfos da formação de Domingos Paciência. Foi em cima do minuto 90, mas suficiente para carimbar a passagem à próxima fase da Taça de Portugal. O Sporting da Covilhã organizou-se bem no sector defensivo, fechando eficazmente as alas, dificultando assim a tarefa dos nossos artilheiros. Audaz e sempre direccionado às redes Serranas, o Sporting de Braga dispôs de um considerável leque de oportunidades não concretizadas, negadas pelo guarda-redes Diego, atleta emprestado pelo emblema Minhoto. Foi então, aos 89 minutos que Matheus após uma finta sobre o adversário, colocou a bola na gaveta - como habitualmente se diz na gíria futebolística - e permitiu ao Braga respirar de alívio, evitando assim o prolongamento e possivelmente a sempre derradeira série de grandes penalidades. Um golo apenas, e não goleadas como alguns, foi mais do que suficiente para registar no boletim: SCBraga soma e segue!
Reacções: 
  • PESQUISA

    ARQUIVO

    SEGUIDORES