VSC 1 - 0 SCBraga (Crónica)
O Sporting de Braga deslocou-se ao outro lado da fronteira, com o intuito de reforçar o estatuto de líder isolado da Liga Sagres. Grandes expectativas, emoções ao rubro. Tudo faria prever um derby bem disputado, com a raça e fugacidade que habitualmente acontece nestes encontros. Pois bem. A entrada no recinto dos pupilos de Domingos Paciência não foi a mais propícia para provocar estragos. Descoordenação total do sector defensivo-ofensivo; demasiados passes errados; falta de classe e magia, que têm vindo a caracterizar a formação da capital Minhota. Foi esta mentalidade errada que originou no único golo da partida a favor dos da casa. Segundo tempo, segundo cartuxo. Foi tudo bastante diferente, apesar de algumas falhas prontamente resolvidas. A equipa entrou com outra frescura e com a intenção de dar a volta ao marcador. Se em outros jogos tivemos a tão aclamada estrelinha da sorte, neste podemos queixar-nos da falta dela. Resultado final negativo, mas a esperança continua bem acesa. Chama essa controlada, sem entrar num clima eufórico e sempre com os pés bem assentes na terra, como o nosso mister faz questão de salientar e reforçar jornada após jornada.
Reacções: 
  • PESQUISA

    ARQUIVO

    SEGUIDORES