Comunicado do Sporting Clube de Braga
Na sequência da Deliberação do Conselho de Justiça de negar provimento ao recurso interposto das decisões da Comissão Disciplinar da LPFP, em consequência das ocorrências do jogo disputado entre SC Braga – SL Benfica, no dia 31 de Outubro de 2009, no Estádio AXA, vem o SC Braga comunicar o seguinte: 1 - A deliberação do CJ da FPF, de negar provimento ao recurso interposto das decisões da CD da LPFP aos castigos aplicados aos atletas Vandinho e Mossoró, são o reflexo da actual situação em que se encontra o dirigismo das instituições desportivas em Portugal e muito em particular no campo da justiça desportiva. 2 - A suspensão por três meses de um atleta por uma suposta tentativa de agressão, tendo por base uma acusação apresentada pelo alegado ofendido, quando resulta claramente de imagens divulgadas publicamente (e que podem ser visionadas no site oficial do SC Braga) que esse alegado ofendido foi quem na verdade agrediu o atleta acusado, só pode envergonhar todos que deliberaram nesta irracional decisão. 3 - A suspensão do atleta Vandinho vai para além do limite da inteligibilidade, apenas se compreendendo pelo incómodo que o SC Braga vem causando com a sua posição na tabela classificativa. Porém, apesar das adversidades criadas, a resposta do SC Braga continuou a ser dada dentro do campo e assim vai continuar. 4 - Ninguém precisa de ser especialista em direito para concluir que esta decisão é injusta. O SC Braga acredita que os jogos ganham-se dentro de campo e não nos gabinetes da LPFP, mas os indícios são demasiados óbvios para haver dúvidas sobre a natureza da presente decisão e dos interesses que a mesma serve. 5 - Na sequência do referido jogo SC Braga x SL Benfica – que certamente foi de digestão bem difícil para alguns organismos da Liga – o SC Braga foi alvo de uma vergonhosa campanha levada a cabo pela CD da LPFP, ao “melhor” estilo inquisitório, que faria certamente a PIDE parecer meninos de coro. Para além de vários jogadores do SC Braga serem alvos de processos pelos casos mais ridículos, há ainda um sem número de processos instaurados na sequência do referido jogo: - Foi punido o SC Braga pelas situações de confusão geradas no túnel (aos atletas do SL Benfica nada aconteceu, e certamente que não foram os jogadores do SC Braga que se empurraram mutuamente…); - Foi punido o SC Braga por efectuar um comunicado a mostrar-se indignado com a difusão das imagens do túnel (o SLB também falou mas mais uma vez...nada); - Foi acusado o Presidente do SC Braga pela CD por difundir uma carta aberta aos sócios a pedir o apoio dos mesmos (aguardamos a condenação); - Foi acusado o Presidente do SC Braga por se encontrar numa zona de acesso aos escritórios da Administração da SAD (curiosamente, também estavam no mesmo local o Presidente do SLB, com outros elementos da direcção e da segurança privada do SLB, que naturalmente não foram acusados de nada); - Etc, etc, etc… 6 - VERGONHOSO! ULTRAJANTE! São tudo adjectivos que pecam por escassos face ao vil ataque que o SC Braga tem sido alvo por parte da CD da LPFP, em processos que se sucedem e mais não visam do que tentar destabilizar ou enfraquecer o SC Braga. É inqualificável a perseguição que tem sido feita ao SC Braga com a constante instauração de processos e com o uso de dois pesos e duas medidas por parte da CD, que tantas vezes fecha os olhos a agressões claras de atletas a colegas de profissão, mas que pune os atletas do SC Braga sem qualquer tipo de factos que fundamentem as decisões. 7 - O SC Braga estranha ainda que, em face da demissão do presidente da Liga, outros não lhe sigam o caminho, nomeadamente, o presidente da CD. Será que ainda tem uma missão a cumprir? Será que ainda não chega de prejudicar o futebol português e, no caso particular, o SC Braga? Será que não chega de protagonismo desmesurado e vaidades pessoais? Ou será que não se demite porque não o deixam? 8 - O SC Braga não teme os processos que lhe vão ser movidos pela CD face ao presente comunicado. Nem a CD nem nenhum órgão da LPFP têm o poder de calar o SC Braga - podem tentar, mas não vão conseguir! 9 - Este é um clube de Guerreiros, do Minho, fiéis aos seus valores, aos seus princípios, na defesa dos quais lutaremos até morrer, e apesar das injustiças e contrariedades, este espírito vai continuar a guiar os nossos atletas e os nossos adeptos nos confrontos que se aproximam. Braga, 25 de Março de 2010 O Conselho de Administração da SAD do SC Braga
Reacções: 
  • PESQUISA

    ARQUIVO

    SEGUIDORES