SCBraga 1 - 2 Paços de Ferreira (Crónica)
Novo passo atrás na confirmação das nossas aspirações para o que resta da temporada, que culminou em mais uma derrota, e novamente diante do Paços de Ferreira. Será, por ventura, mais do que suficiente para tirar algumas ilações relativamente à performance da nossa equipa, que para além de não vislumbrar com exibições de encher o olho, acarreta uma maré de azar tremenda. Recorde-se, que permitimos que o adversário chegasse à vantagem após uma grande penalidade, e em seguida através de um golo na própria baliza. Assim, não há coração que aguente.
Nas bancadas, um grito de revolta. Infelizmente continua a perdurar o pessimismo, a desconfiança e a inquietação, e esses negativismos reflectem-se no apoio vocal, que cabe, na grande maioria, aos "habituais".
Por muito que se fale em atitude, postura e mentalidade, essa reviravolta só acontecerá, quando a vontade partir de vocês mesmos - está mais do que provado. Por estas e por outras, vamos continuar sempre a remar contra a maré, fazendo o que nos compete e continuando a mostrar qual a verdadeira essência do Sporting Clube de Braga: os adeptos, a sua força e a sua irreverência.
Na próxima Quinta-feira, mais um teste de fogo.
Reacções: 
  • PESQUISA

    ARQUIVO

    SEGUIDORES